Moreira Sales, quinta-feira, 26 de novembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Esportes

03/03/2017 | Concebido por Goioerê

Amanda Nunes e Jhenny Andrade são premiadas com o Oscar do MMA

Amanda Nunes e Jhenny Andrade são premiadas com o Oscar do MMA

Campeã peso-galo do UFC, Amanda Nunes foi eleita “lutadora do ano” no World MMA Awards 2017, prêmio que é considerado o “Oscar” do esporte. A baiana não pôde comparecer ao evento, mas enviou um vídeo agradecendo o apoio dos fãs.

Promovida pela revista "Fighters Only", a premiação elegeu os melhores de 2016 em 22 categorias, através de votação popular pela internet. Além de Amanda, outros quatro brasileiros concorreram aos prêmios da noite, incluindo Jhenny Andrade. Única brasileira indicada ao troféu de melhor ring girl na história da premiação, a loura recebeu a estatueta emocionada depois de desbancar as americanas Arianny Celeste e Brittney Palmer, titulares do UFC e vencedoras dos anos anteriores.

- Brasil, isso é pra vocês! Estou muito feliz, muito! Vou levar esse troféu para Fortaleza para celebrar com vocês! - discursou Jhenny.

O cobiçado troféu de lutador do ano ficou com Conor McGregor, que se tornou o primeiro homem a deter cinturões de duas categorias de peso do UFC simultaneamente em 2016 ao se sagrar campeão peso-leve. O irlandês, contudo, não compareceu à premiação, nem enviou vídeo de agradecimento aos fãs. Ele está afastado do Ultimate sob "licença paternidade" com sua namorada à espera de seu primeiro filho, mas também vem negociando para lutar boxe contra Floyd Mayweather. 

Dana White venceu pela nona vez o prêmio de “dirigente do ano” e fez uma aparição surpresa, levantando o público. Já Michael Bisping brincou com o fato de ter sido eleito a “zebra" de 2016:

- Zebra do ano? Sério? Eu tinha certeza que iria nocautear aquele filho da mãe do Luke - disse, arrancando gargalhadas da plateia.

A edição 2017 do “Oscar do MMA” também fez uma homenagem especial a Tito Ortiz, pelos 20 anos de carreira e o por sua contribuição ao esporte. O lutador relembrou parte de sua história e agradeceu ao apoio dos fãs.

- Se não fosse por nós, lutadores, o show não continuaria. Toda vez que eu entrava na arena, não importava quantas cirurgias eu tinha feito (…). Fui ao inferno, nunca dei desculpas e dei o meu coração todas as vezes. Quero mostrar aos meus filhos que trabalho duro e dedicação te levam aonde você quiser.

Apresentada por Brian Stann e Nicole DaBeau, a premiação também teve momentos engraçados, como um vídeo de paródia em que Urijah Faber brinca com o formato de seu “queixo de bunda” e uma versão de “Sorry”, de Justin Bieber, com Stephan Bonnar pedindo “desculpas”, de forma bem-humorada, pelas substâncias ilegais que usou na carreira.

Confira a lista dos principais premiados (vencedores em negrito):

Lutador do ano
Michael Bisping
Donald Cerrone
Cody Garbrandt
Conor McGregor
Stipe Miocic

Lutadora do ano
Cris Cyborg
Angela Hill
Joanna Jedrzejczyk
Angela Lee
Amanda Nunes

Lutador revelação do ano
Yair Rodriguez
Cody Garbrandt
Doo Ho Choi
Derrick Lewis
Michael Page

Lutador internacional do ano
Michael Bisping
Joanna Jedrzejczyk
Conor McGregor
Gegard Mousasi
Khabib Nurmagomedov

Luta do ano
Robbie Lawler x Carlos Condit (UFC 195)
Cub Swanson x Choo Ho Choi (UFC 206)
Michael Bisping x Anderson Silva (UFC 84)
Conor McGregor x Nate Diaz 2 (UFC 202)
Michael Chandler x Benson Henderson (Bellator 165)

Nocaute do ano
Anthony Johnson (contra Glover Teixeira, UFC 202)
Landon Vannata (contra John Makdessi, UFC 206)
Michael Page (contra Cyborg Santos, Bellator 158)
Yair Rodriguez (contra Andre Fili, UFC 197)
Michael Chandler (contra Pitbull Freire, Bellator 157)

Finalização do ano
Ben Rothwell (contra Josh Barnett, UFC on FOX 18)
Nate Diaz (contra Conor McGregor, UFC 196)
Miesha Tate (contra Holly Holm, UFC 196)
MacKenzie Dern (contra Montana Stewart, Legacy 61)
Thiago Moises (contra David Catillo, RFA 35)

Retorno/reação do ano
Michael Bisping (contra Anderson Silva, UFN 84)
Nate Diaz (contra Conor McGregor, UFC 196)
Dan Henderson (contra Hector Lombard, UFC 199)
Miesha Tate (contra Holly Holm, UFC 196)
Dominick Cruz (carreira)

Zebra do ano
Michael Bisping (contra Luke Rockhold, UFC 199)

Bryan Barberna (contra Warlley Alves, UFC on FOX 18)
Joe Taimanglo (contra Darrion Caldwell, Bellator 159)
Brandon Moreno (contra Louis Smolka, UFN 96)
Zac Riley (contra Hugo Wolverine, RFA 34)

Treinador do ano
Jason Parillo
Din Thomas
John Kavanagh
Marcus Marinelli
Greg Jackson

Preparador do ano
Jake Bonacci 
Mike Dolce
Lawrence Herrera 
Loren Landow 
George Lockhart

Academia do ano
American Top Team
SBG Ireland
Jackson-Wink Arena
American Kickboxing Academy
Team Alpha Male

Árbitro do ano
Marc Goddard
Herb Dean
John McCarthy
Yves Lavigne
Leon Roberts

Ring Girl do ano
Arianny Celeste 
Brittney Palmer
Mercedes Terrell
Carly Baker
Jhenny Andrade

Dirigente do ano
Dana White

Scott Coker
Victor Cui
Marc Ratner
Jeff Novitzky

Organização do ano
UFC

Bellator MMA
One Championship
KSW
Legacy

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | SPORTV

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334 | Goioerê-PR
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal