Moreira Sales, domingo, 15 de setembro de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

13/03/2017 | Concebido por Goioerê

Acadêmica teve 80% do corpo queimado em explosão de prédio

Acadêmica teve 80% do corpo queimado em explosão de prédio

O novo boletim médico aponta que a jovem acadêmica Maria Luísa Moia Kamei, de 20 anos, teve 80% do corpo queimado após a explosão causada por um vazamento de gás em um prédio na Avenida da FAG na manhã deste sábado (11). 

Maria Luísa foi acender o fogão quando houve a explosão, que deixou a lateral do apartamento onde ela vive completamente destruída. Toda a estrutura do prédio ficou comprometida e o local precisou ser completamente evacuado.

No início da tarde moradores puderam retornar para pegar pertences. No entanto, terão que buscar abrigo com familiares e amigos.

Acadêmica do segundo ano do curso de medicina do Centro FAG, Maria Luísa foi transferida ao Hospital São Lucas de Cascavel depois de ser levada ao Hospital Universitário.

Inicialmente a informação é que 60% do corpo da jovem havia sido ferido na explosão, mas o quadro foi atualizado para 80%, além de queimaduras de 1°, 2° e 3º graus. Ela deve ser transferida para um hospital de Londrina ou Curitiba, referência no tratamento de queimados.

Em nota, o Centro Universitário FAG lamentou o ocorrido e informou que está prestando todo apoio para a família para garantir que a jovem tenha o suporte necessário. Veja a nota na íntegra:

"O Centro Universitário FAG, por meio de sua direção, lamenta profundamente o acidente ocorrido em um edifício, na manhã deste sábado (11), onde residia a acadêmica de Medicina, Maria Luísa Moia Kamei, que ficou gravemente ferida.
Assim que teve conhecimento do fato, a direção da Instituição tomou todas as providências necessárias para dar apoio à acadêmica e seus familiares. Neste momento, Maria Luísa está na UTI do Hospital São Lucas/FAG, sendo acompanhada por uma equipe multidisciplinar. Segundo o Diretor Clínico do Hospital e Médico, Luiz Carlos Toso, ela está consciente, teve 80% do corpo atingindo pelas queimaduras de 1º, 2º e 3º graus e ainda na tarde deste sábado passará por um procedimento cirúrgico. O médico informou também que, assim que for possível, Maria Luísa será transferida para um hospital especializado em atendimento a queimados em Curitiba ou Londrina. O Centro Universitário FAG e o Hospital São Lucas reiteram sua preocupação com o fato e ressaltam que estão realizando todos os procedimentos para que a acadêmica Maria Luísa e seus familiares possam enfrentar esse momento com todo o suporte necessário."

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | CATVE

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334 | Goioerê-PR
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal